Image
Sensible Soccers

Em 2013, os Sensible Soccers puseram milhares de pessoas a olhar para nove homens a dançar descoordenadamente durante dez minutos. Era o videoclip de “Sofrendo por você”, que os tornou muito rapidamente os meninos bonitos da cena eletrónica alternativa. Em 2014, lançam o seu primeiro longa-duração, ainda eles eram quatro, intitulado “8”, unanimemente considerado pela imprensa nacional como um dos melhores discos editados nesse ano. Já eram os meninos bonitos de toda a gente. Em 2016, passam a trio, sai “Villa Soledade”, segundo disco. Mantêm o título. Sem esconderem o gosto pelas melodias pop, na construção dos seus temas fogem ao formato tradicional de canção, optando maioritariamente por estruturas e arranjos em progressão.

Image
Image
Cave Story

Percorrido Portugal de lés a lés com o EP de estreia na calha, os Cave Story preparam-se para levar a sua narrativa rupestre para outras paragens — “West” é o horizonte da banda das Caldas da Rainha, que vive o Ocidente, em Portugal e na Europa, como condição geográfica extrema, e encontra nestas canções o meio para expurgar medos e tédios. Agora com um novo enfoque nas cadências e ritmos pós-punk, o indie rock do trio desabrochou para uma pop orelhuda, onde as cores garridas destilam desprezo pelas lamentações juvenis, exactamente como exige a urgência e a rebeldia do rock.

Image
Toulouse

Os Toulouse sempre tiveram queda para a pintura, para a viagem e para o etéreo — nesta amálgama, existem entre a canção pop, doce, e as cores vivas dos efeitos de imbuir guitarra em açúcar. O quarteto de Guimarães editou a cassete de estreia, "Juice", em 2015 preparando terreno para a selecção dos pantones com que colorirão os próximos passos, dos quais desabrocha o primeiro álbum "Yuhng", um registo sonhador, enérgico, com um travo naïve.

logo